23/10/2020

Coren-PI realiza desinterdição ética da unidade mista de saúde Dirceu Mendes Arcoverde

O Serviço de Enfermagem da Unidade Mista de Saúde Dirceu

O Serviço de Enfermagem da Unidade Mista de Saúde Dirceu Mendes Arcoverde, localizada no município de Capitão de Campos – PI, foi interditado eticamente no último dia 16 outubro pelo Conselho Regional de Enfermagem do Piauí (Coren-PI). A medida foi adotada após serem encontradas irregularidades e ilegalidades constatadas pela fiscalização e posteriormente confirmadas por inspeção da Comissão de Interdição Ética.

Na ocasião, foi observada a inexistência de enfermeiro durante todo o período de funcionamento do serviço, bem como a ausência de instrumentos gerenciais da assistência de enfermagem, dentre outros, o que fere a Lei do Exercício Profissional, Lei nº 7.498/86/1986.

Como condição para retorno das atividades, o município requereu no dia 23 (sexta-feira) a desinterdição ética com a apresentação da escala do profissional Enfermeiro que comprova a assistência em todo o período de funcionamento da instituição de saúde. Além disso, o município se comprometeu a sanar no prazo de 30 (trinta) as demais irregularidades apontadas no processo de interdição ética.

A presidente do Coren-PI Amanda Barreto fala sobre a importância da autarquia fiscalizar os estabelecimentos de saúde. “A interdição ética do serviço de enfermagem é de extrema gravidade e compreende a última ação a ser tomada pelo COREN – PI com o objetivo de regularizar a assistência de enfermagem nas instituições de saúde. Os profissionais de enfermagem e a saúde da comunidade em geral não podem sofrer riscos decorrente de um serviço de enfermagem não estruturado de acordo com a Lei e as Resoluções do COFEN, como no caso da interdição procedida pelo COREN – PI, que busca a segurança da assistência e dos profissionais”, disse a presidente.




  • BannerLateralSaudeEvidencias-207x114
  • e-dimensionamento-207x117