21/08/2019

Coren-PI participa do lançamento de Frentes Parlamentares da Enfermagem na Câmara dos Deputados

O Conselho Regional de Enfermagem do Piauí (Coren-PI) esteve presente

O Conselho Regional de Enfermagem do Piauí (Coren-PI) esteve presente no lançamento de duas Frentes Parlamentares em defesa da Enfermagem, que aconteceu nessa terça-feira, 20, na Câmara dos Deputados. A Frente Parlamentar das 30 horas, de iniciativa do deputado federal Mauro Nazif, e a Frente Parlamentar mista da Enfermagem, do deputado Célio Studart, buscam defender e lutar pelos interesses da Enfermagem.

Pela primeira vez na história do Congresso Nacional, são criadas duas frentes parlamentares em prol da mesma categoria. Para a presidente do Coren-PI, Tatiana Melo, a iniciativa é um marco importante na história da enfermagem no país. “A criação das frentes foi o pontapé inicial para a defesa dos nossos projetos de lei, entre eles, o das 30 horas para Enfermagem. Viemos cobrar os nossos deputados federais piauienses o apoio na defesa da enfermagem”, afirmou.

Os representantes do Coren-PI também realizaram visitas aos gabinetes dos deputados federais do Piauí para sensibilizar sobre a luta nas causas da enfermagem, sobre o piso salarial e sobre a carga horária de 30 horas.

O presidente do Cofen, Manoel Neri, agradeceu a todos os que estiveram presentes e ao apoio dos deputados que lideraram a iniciativa de criação das frentes. “Nós temos certeza que com o número de deputados federais e senadores que integram essas duas frentes parlamentares vamos conseguir, de fato, colocar a Enfermagem pautada dentro do Congresso Nacional”, disse Neri. Segundo Neri, a Enfermagem é a profissão base para Sistema Único de Saúde (SUS), representando mais de 60% dos profissionais de saúde do Brasil. “Precisamos de um tratamento diferenciado pelo Governo brasileiro”, afirmou o presidente do Cofen referindo-se aos projetos antigos da Enfermagem que tramitam na casa.

O deputado federal e presidente da Frente Parlamentar das 30 horas, Mauro Naziff (PSB/RO), deu início a sua fala demostrando preocupação com a aprovação dos projetos das Enfermagem. “Essa luta pelas 30 horas na Enfermagem é antiga. O projeto teve início aqui na casa em 2000 e até hoje aguarda aprovação”, disse o parlamentar.

“São nos ombros da Enfermagem que os hospitais funcionam”, enfatizou a deputada federal e vice-presidente da Frente das 30 horas, Alice Portugal (PCdoB/BA). “Essas duas frentes têm um papel importante por defenderem o maior contingente de trabalhadores da Saúde do Brasil”, ressaltou Alice.

O presidente da Frente Parlamentar mista da Enfermagem, deputado Célio Studart (PV/CE), ressaltou, entusiasmado, estar do lado certo. “A Enfermagem não falta ao País, mas o País falta à Enfermagem”, disse. “Os profissionais de Enfermagem atuam sem um salário digno, em condições precárias e insalubres, mesmo assim, não perdem a coragem e a bravura na hora de salvar vidas”, disse o parlamentar.

De agora em diante, as frentes atuarão em prol de PLs antigos da categoria como o piso salarial, as 30 horas, o descanso digno, entre outros. O deputado Fred Costa, vice-presidente da Frente Parlamentar Mista, considera que os profissionais de Enfermagem precisam de mais valorização e respeito no Brasil e que, com o apoio das frentes, será possível alavancar o andamento dos projetos.

Outras entidades da Enfermagem que compõem o Fórum Nacional da Enfermagem apoiam a organização deste lançamento: a Federação Nacional dos Enfermeiros (FNE), a Associação Brasileira de Enfermagem (ABEN), a Confederação Nacional dos Trabalhadores na Saúde (CNTS), a Confederação Nacional dos Trabalhadores em Seguridade Social (CNTSS), a Associação Nacional dos Auxiliares e Técnicos de Enfermagem (ANATEN) e a Executiva Nacional dos Estudantes de Enfermagem (ENEENF).

Primeiro passo – Durante a cerimônia de lançamento, o presidente do Cofen, Manoel Neri, juntamente com parlamentares e representantes de diversas entidades da Enfermagem, foram convidados para uma reunião com o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia. Em um momento importante da categoria no Congresso Nacional, o encontro permitiu que as entidades pedissem o apoio do líder da casa legislativa na aprovação dos projetos de lei de interesse da Enfermagem. Maia considera as reivindicações da Enfermagem válidas e prometeu analisar as pautas expostas pelos parlamentares e entidades.

Com informações do Cofen

 

 

 




  • BannerLateralSaudeEvidencias-207x114
  • e-dimensionamento-207x117