08/10/2021

Coren-PI entrega texto base para regulamentar 30h semanais para profissionais de Enfermagem de Barras-PI

Enquanto as conquistas em nível federal não chegam, seguimos empenhados

Enquanto as conquistas em nível federal não chegam, seguimos empenhados por conquistas em cada município do nosso Piauí. Na última quinta-feira, 07, o Coren-PI esteve em Barras-PI para entregar o texto base para o projeto de lei que regulamenta as 30 horas de carga horária de trabalho para os profissionais de Enfermagem do município.

O presidente do Coren-PI, Enf. Antonio Neto, a conselheira, T.E. e Enfª Leone Damasceno e o chefe do Departamento de Gestão do Exercício Profissional, Enf. Arthur Antunes, foram recebidos, em um primeiro momento, por profissionais de Enfermagem do município, na Câmara de Vereadores. Ocasião em que os profissionais tiveram a oportunidade de sanar algumas dúvidas diretamente com o presidente do Coren-PI.

Francisca Lages, técnica de Enfermagem há mais de 20 anos, pontuou a importância da união da Enfermagem na busca pelos seus direitos: “Nossa maior esperança é a aprovação do piso, mas temos que entender que cada conquista é importante. Elas não serão alcançadas sem o nosso empenho. Por isso, precisamos estar unidos pela regulamentação da nossa carga horária aqui em Barras e nos demais municípios do Piauí”, destacou Francisca.

Logo após a roda de conversa com os profissionais, Antonio Neto participou de uma reunião com a vice-prefeita, Cynara Lages, a secretária de saúde, Luana Pinheiro, o enfermeiro responsável técnico da Atenção Básica, Edson Filho, a coordenadora da Atenção Básica, Lucinete Carvalho, e o assessor jurídico da Secretaria de Saúde, Laércio Lira, em que a regulamentação da carga horária semanal para profissionais de Enfermagem do município foi a pauta principal.

A oportunidade também serviu para que o Protocolo que regulamenta as atividades dos serviços de Enfermagem fosse formalmente entregue pelo presidente do Coren-PI. Agora, Barras conta com o documento, que é fundamental para que os profissionais de Enfermagem atuem de acordo com as resoluções de normatização vigentes. Um exemplo são as ocasiões em que a prescrição de medicamentos pode ser realizada por enfermeiros.

É muito importante que os municípios e os profissionais de Enfermagem mantenham esse diálogo saudável com o conselho. Dessa forma, estaremos sempre por dentro das carências e estudaremos possibilidades de oferecer as melhores soluções possíveis, como cursos de capacitação e treinamentos nas cidades e redondezas.




  • e-dimensionamento-207x117
  • BannerLateralSaudeEvidencias-207x114